segunda-feira, 17 de junho de 2013

O último regresso

Hoje, pela última vez, regressei à Covilhã enquanto estudante.
Achei que esta seria uma viagem difícil. Que ia ser assaltada pela nostalgia e pela saudade antecipada. Que ia sentir um aperto no coração.

Não senti nada disso.
Dormi a viagem toda, saí do comboio com vontade de me espreguiçar. E respirei fundo o ar puro daqui.

Adoro o ar puro da serra. E sei que, algum dia, mais cedo ou mais tarde, hei-de regressar e voltar a inspirá-lo com o maior prazer do mundo.
Não vai ser um adeus, mas um até já.

2 comentários:

  1. Não tem necessariamente que ser um adeus, tenho a certeza que terás mais oportunidades de ir à Covilhã apesar de não ser como antigamente :)

    ResponderEliminar

Comentários são sempre bem vindos!